Publicado por: Amanda Paz | 20 de julho de 2011

Um conto de presente: O sapateiro e os anões

Este conto, coletado pelos irmãos Grimm, na Alemanha, no início do século XIX, sempre esteve entre os meus favoritos, quando criança. E é uma ótima leitura para as crianças (e adultos) de hoje, quando tendemos a nos tornar cada vez mais individualistas, pois fala de solidariedade, de ajuda ao próximo e da importância de sermos humildes o suficiente para aceitar a mão que nos é estendida e sabedoria para agradecer a ajuda recebida. Boa leitura!

Crédito de imagem: Google Imagens

“Era uma vez um sapateiro que, embora não tivesse culpa, tornara-se tão pobre que finalmente só lhe restava couro suficiente para fazer um único par de sapatos. À noite ele cortou o couro para os sapatos que pretendia começar na manhã seguinte, e, de consciência tranqüila, deitou-se calmamente, rezou e adormeceu. De manhã, depois de rezar, quando ia se preparando para sentar e trabalhar encontrou o par de sapatos pronto em cima da mesa. Ficou espantado e não conseguiu entender o acontecido.

Apanhou os sapatos para examiná-los com mais atenção. As costuras estavam tão bem feitas que não havia um único ponto fora de lugar e os sapatos tão bem acabados que pareciam ter sido feitos por mãos experientes.

Pouco depois entrou um comprador, gostou muito dos sapatos e comprou-os por um preço acima do normal; com o dinheiro o sapateiro pôde comprar couro para mais dois pares de sapatos.

Cortou-os à noite e, na manhã seguinte, com a coragem renovada dispôs-se a trabalhar; mas não foi preciso porque quando se levantou encontrou os sapatos já prontos, e não faltaram compradores. Os dois pares lhe renderam tanto dinheiro que ele pôde comprar couro para mais quatro pares.

Bem cedo no dia seguinte o sapateiro encontrou os quatro pares prontos, e assim continuou a acontecer; o que ele cortava à noite encontrava pronto de manhã, e logo se viu novamente em uma situação confortável e se tornou um homem bem de vida.

Ora, aconteceu que uma noite, antes do Natal, ele cortou o couro para alguns sapatos como de costume e disse a sua mulher:

– Que acha de ficarmos acordados hoje à noite para ver quem é que está nos ajudando?

A mulher concordou, acendeu uma vela e eles se esconderam a um canto da oficina atrás de umas roupas penduradas.

À meia-noite, chegaram dois homenzinhos nus que se sentaram à mesa do sapateiro, apanharam o trabalho já cortado e com seus dedinhos se puseram a alinhavar, costurar e pregar tudo tão bem e ligeiro que o sapateiro não pôde acreditar no que via. Os homenzinhos não pararam até terminar os sapatos e deixá-los prontos em cima da mesa; depois saíram correndo.

No dia seguinte a mulher disse ao marido:

– Os anões nos fizeram ricos e devíamos demonstrar nossa gratidão. Estavam correndo por aí sem roupas e devem estar enregelados de frio. Vou costurar para eles camisas, casacos, coletes, ceroulas e até tricotar umas meias, e você vai fazer para cada anão um par de sapatos.

O marido concordou, e à noite, depois de aprontarem tudo, arrumaram os presentes em cima da mesa e se esconderam para ver como os anões iriam se comportar.

A meia-noite eles entraram aos saltos e iam começar a trabalhar, mas em lugar do couro cortado, encontraram as vistosas roupinhas.

A princípio ficaram surpresos, depois extremamente felizes. Com muita pressa eles vestiram e alisaram as belas roupas cantando:

– Agora somos rapazes belos e elegantes, para que fazermos sapatos para os outros?

Então pularam e dançaram e saltaram por cima de mesas e cadeiras, e saíram porta afora. Daquele dia em diante nunca mais apareceram, mas o sapateiro continuou bem de vida até morrer e sempre teve sorte em tudo que experimentou fazer.”

(Grimm, Jacob. Contos dos irmãos Grimm, org. Clarissa Pinkola Estés, Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 2005.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: